quarta-feira, dezembro 7, 2022
Home Brasil Trabalhadora esquece WhatsApp aberto em computador de empresa

Trabalhadora esquece WhatsApp aberto em computador de empresa

Caso aconteceu em uma empresa de estética em Patos de Minas. Justiça decidiu que ex-funcionária será indenizada em R$ 6 mil por danos morais.

Uma ex-funcionária de uma empresa de estética em Patos de Minas será indenizada em R$ 6 mil por danos morais, após ter conversas particulares expostas em uma reunião com outros colaboradores. Segundo o Tribunal Regional do Trabalho de Minas Gerais (TRT-MG), ela foi demitida e se esqueceu de sair do WhatsApp Web.

Um dos sócios da empresa “L&D Centro Especializado em Emagrecimento e Estética Eireli“ acessou o aplicativo e viu as conversas privadas da mulher.

Entre os contatos, estava a de uma outra funcionária da empresa. O homem acessou essa conversa e tirou diversos prints da troca de mensagens entre as duas. Na conversa, elas falavam de um possível romance extraconjugal entre o sócio da empresa e uma outra funcionária.

Exposição na reunião

A funcionária que conversava com a ex-empregada contou em depoimento que o sócio convocou uma reunião após saber do conteúdo das conversas. Na reunião, ele esclareceu que os boatos eram falsos e chamou a antiga funcionária de “falsa e incompetente”. Ela disse ainda que os prints das mensagens foram exibidos.

O caso acabou na Justiça e a empresa foi condenada em 1ª instância. Eles entraram com recurso, mas o juiz relator Leonardo Passos Ferreira, manteve a decisão por entender que houve invasão da intimidade e privacidade da trabalhadora.

“Ainda que fossem reprováveis as fofocas propagadas, as conversas particulares jamais poderiam ter sido divulgadas a terceiros, sobretudo da forma grosseira e explosiva como ocorreu. Toda a situação poderia ter sido conduzida de modo mais discreto e respeitoso”, disse o relator na decisão.

O valor da indenização foi de R$ 6 mil e avaliado como razoável e proporcional à extensão do dano e à capacidade econômica das partes. A ação não cabe mais recursos.

- Advertisment -

Recentes