sábado, novembro 26, 2022
Home Esporte Neymar será julgado por corrupção em sua transferência para o Barcelona

Neymar será julgado por corrupção em sua transferência para o Barcelona

O craque brasileiro Neymar será julgado no Tribunal Provincial de Barcelona em outubro, juntamente com os ex-presidentes do Barcelona, Sandro Rosell e Josep Maria Bartomeu, por irregularidades na contratação do jogador pelo Barça em 2013.

O julgamento acontecerá de 17 a 31 de outubro, informaram fontes judiciais nesta quarta-feira (27/7). Os três serão julgados por suposto crime de corrupção entre particulares e fraude pela transferência do jogador do Santos para o Barça em 2013.

Todos eles serão julgados por um suposto crime de corrupção entre particulares, enquanto os dois ex-presidentes do Barça também responderão por um crime de fraude.

Por essa acusação de fraude, espera-se também que compareçam o ex-clube de Neymar no Brasil, Santos, e seu ex-presidente Odilio Rodrigues Filho, de acordo com a ordem judicial que declarou a abertura do julgamento oral.

O caso decorre de uma denúncia do grupo brasileiro DIS, ex-proprietário de parte dos direitos do jogador e acusação particular neste caso, que foi considerado prejudicado na transferência do atual atacante do PSG para o Barcelona.

Inicialmente, o Barcelona estimou oficialmente a transferência de Neymar em 57,1 milhões de euros (40 milhões para a família de Neymar e 17,1 milhões para o brasileiro Santos), mas a Justiça espanhola calcula que tenha sido pelo menos 83,3 milhões de euros.

A DIS, que recebeu 6,8 milhões de euros dos 17,1 pagos ao Santos, estima que Barça e Neymar uniram forças para esconder o valor real da transferência.

A Promotoria pediu dois anos de prisão para Neymar, que em seu depoimento perante o juiz alegou que só jogava futebol e confiava cegamente em seu pai, que é seu agente.

- Advertisment -

Recentes