terça-feira, outubro 4, 2022
Home Política Bolsonaro sobre queda da gasolina: “No Nordeste está mais devagar”

Bolsonaro sobre queda da gasolina: “No Nordeste está mais devagar”

Em agenda em Natal, Rio Grande do Norte, o presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a alfinetar os governadores nordestinos, por não cumprirem a determinação sobre redução do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

“No dia de ontem (sexta), promulgamos uma das emendas à Constituição que garante o Auxílio Brasil de R$ 600 para toda a população brasileira. Vocês estão vendo os preços dos combustíveis caindo nas quatro regiões do Brasil. Aqui no Nordeste está mais devagar um pouco, mas chegará aos níveis de outros locais”, ressaltou Bolsonaro.

“As questões materiais estamos tratando, as espirituais estamos na luta com vocês. Repito, somos a maioria”, continuou o mandatário.

No começo do mês, Bolsonaro já demonstrava insatisfação com os gestores estaduais: “Na hora de cumprir a lei, eles não cumprem”, disse ele no Palácio da Alvorada, em conversa com apoiadores, no dia 4 de julho.

“A lei mandou diminuir para 17% o ICMS dos combustíveis dos governadores. Pessoal do Nordeste está resistindo, entraram na Justiça. É o pessoal que diz que trabalha para o povo, que diz que o pobre tem que ser tratado de maneira especial, mas na hora de cumprir a lei, eles não cumprem”, disparou o chefe do Executivo nacional.

Agenda em Fortaleza

Bolsonaro tem agenda religiosa extensa em Natal. Entre 16h e 17h deste sábado, a comitiva presidencial ainda deve se deslocar para Fortaleza, no Ceará, que fica a 521,8 km do Rio Grande do Norte.

Ao lado de parlamentares cearenses, existe a previsão de outra Marcha para Jesus, organizada pela Ordem dos Ministros Evangélicos do Ceará (Ormece), e uma motociata. É a primeira vez que Bolsonaro vai a Fortaleza desde que foi eleito.

- Advertisment -

Recentes